Por que a Apple fabrica os seus produtos na China e não nos Estados Unidos?

É uma dúvida muito interessante e que muita gente não consegue entender: Se a tecnologia e os recursos são norte – americanos, porque a Apple fabrica os seus produtos na China ao invés de fabricar em seu país de origem, os Estados Unidos?

Quer aprender como importar iPhones e Tablets da Apple direto da China, pagando bem menos? Saiba como clicando aqui.

Diferente do que a maioria das pessoas pensa, a mão de obra barata não é o único fator que influencia diretamente o processo. Outros pontos importantes também são fundamentais para entender o porquê de a empresa americana fazer a produção na China, como a velocidade de produção em larga escala, viabilidade e qualificação das fabricas são fatores que também influenciam, além dos financeiros, claro!

O próprio Steve Jobs, quando vivo e no comando da Apple, não queria vender as pessoas um produto que arranhasse facilmente e nem que demorasse demais a ser produzido e disponibilizado nas lojas. Isso foi dito por ele em um evento de 2007, no lançamento do iPhone.

E, cerca de 30 minutos depois da chegada de um empregado da Apple na China, já haviam  aproximadamente 8 mil empregados prontos para começar a trabalhar montando as telas de vidro nos aparelhos, conforme as especificações pedidas pela empresa norte – americana, através do próprio Steve Jobs. Quatro dias depois, a fábrica chinesa contratada já conseguia produzir  10 mil iPhones, em  apenas 1 dia. Ponto para a Apple!

Além disso, outro fator que influencia diretamente a produção de iPhones na China é a proximidade de fornecedores de materiais necessários para a produção do aparelho, como parafusos, juntas de borracha e quaisquer outras peças necessárias, já que na China é possível encontrar de tudo. Assim, os custos de transporte são reduzidos e o processo de produção é bem mais rápido!

E, para supervisionar de perto a fabricação do iPhone, foram contratados nada menos que 8,7 mil engenheiros, que foram recrutados pelos chineses em menos de 15 dias. Só para você ter uma ideia, nos Estados Unidos seria necessário pelo menos 9 meses para contratar essa mesma quantidade de profissionais. Agilidade foi mais um ponto forte da China!

E, o próprio Steve Jobs, quando ainda comandava a Apple, afirmou que os Estados Unidos já haviam parado de oferecer profissionais para as competências que a empresa precisava há anos. Mais um ponto para a China!

Viu? Trabalhar com a China pode ser um excelente negócio, desde que se conheça bem o mercado e você tenha um espírito empreendedor, para se dedicar a ter o seu próprio negócio!

E você pode aprender isso e muito mais no curso “Como Importar da China”!