Como regularizar o seu negócio

Quem já trabalha revendendo produtos da China e quer regularizar o seu negócio, deve ler com atenção o artigo de hoje!

Quer aprender todas as dicas para importar da China e ganhar um bom dinheiro com isso? De forma totalmente legal? Então clique aqui.

Ao legalizar o seu negócio, você tem inúmeras vantagens. Mas, a mais importante delas é que você se torna mais seguro e competitivo no mercado.

A melhor forma de regularizar o seu negócio é se tornar um MEI (Micro Empreendedor Individual), que é uma pessoa que trabalha de forma autônoma e quer trabalhar legalmente como um pequeno empresário. Para isso, é preciso ter um faturamento anual de até R$ 60.000,00. Além disso, você não pode ser empregado (pessoa física que trabalha com carteira assinada) nem ser sócio de nenhuma outra empresa e precisa ter um empregado que receba pelo menos um salário mínimo por mês.

Benefícios e Vantagens que você tem ao regularizar o seu negócio

  • Acesso a serviços bancários, como crédito, empréstimo e taxas diferenciadas, voltados para pequenos empreendedores.
  • Cobertura previdenciária.
  • Isenção de taxas para fazer o registro da sua empresa.
  • Maiores possibilidades de crescimento como empreendedor.
  • Mais cidadania.
  • Pouca burocracia.
  • Segurança jurídica.

Ao regularizar o seu negócio, o empreendedor precisa de um contador ou uma empresa de contabilidade habilitada para fazer a declaração anual de imposto de renda e contabilizar as contas e lucros da empresa em questão.

A denominação do dropshipper ainda não é reconhecida como profissão aqui no Brasil, mas outras denominações podem ser utilizadas sem qualquer problema. Veja alguns exemplos:

  • Comerciante de equipamentos e suprimentos de informática

4751-2/00 Comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática.

  • Comerciante de equipamentos de telefonia e comunicação

4752-1/00 Comércio varejista especializado de equipamentos de telefonia e comunicação.

  • Comerciante de calçados

4782-2/01 Comércio varejista de calçados.

  • Comerciante de artigos de armarinho.

4755-5/02 Comércio varejista de artigos de armarinho.

  • Comerciante de artigos de joalheria

4783-1/01 Comércio varejista de artigos de joalheria.

  • Comerciante de peças e acessórios para aparelhos eletroeletrônicos para uso doméstico

4757-1/00 Comércio varejista especializado de peças e acessórios para aparelhos eletroeletrônicos para uso doméstico, exceto informática e comunicação.

  • Comerciante de artigos de relojoaria

4783-1/02 Comércio varejista de artigos de relojoaria

  • Comerciante de artigos de cama, mesa e banho

4755-5/03 Comércio varejista de artigos de cama, mesa e banho.

  • Comerciante de cosméticos e artigos de perfumaria

4772-5/00 Comércio varejista de cosméticos produtos de perfumaria e de higiene pessoal.

  • Comerciante de artigos esportivos

4763-6/02 Comércio varejista de artigos esportivos.

  • Comerciante de equipamentos para escritório

4789-0/07 Comércio varejista de equipamentos para escritório

  • Comerciante de artigos do vestuário e acessórios

4781-4/00 Comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios.

  • Comerciante de tecidos

4755-5/01 Comércio varejista de tecidos

Essas são apenas algumas das principais denominações que você pode utilizar ao se registrar. O cuidado que você precisa tomar é o de ter certeza na hora de escolher a que melhor representa o ramo do seu trabalho, pois precisará emitir notas fiscais para fazer as importações da China.

Não é tão difícil quanto parece. Por isso, regularize o seu negócio e faça seu trabalho de forma mais segura e com todos os benefícios da previdência.

Quer saber tudo o que precisa para começar a importar da China legalmente? Então clique e saiba todos os detalhes no curso “Como Importar da China”.