Como comprar legalmente da China – Pessoa Jurídica

Não é segredo para ninguém que a China vem expandindo cada vez mais o seu parque industrial e lotando o mercado mundial com seus produtos. Lá, se fabrica de um a tudo. E, por isso, os microempresários e empresários vem comprando cada vez mais da China e gastando muito menos do que se comprassem aqui no Brasil.

Você já é empresário ou microempresário e quer importar produtos da China? Conheça todos os segredos aqui.

O primeiro passo é pesquisar. Bastante. E encontrar um fornecedor ou uma empresa chinesa idôneos. Isso é importante para que você não sofra prejuízos e nem tenha dor de cabeça. Pesquise e pergunte tudo o que for necessário, como preços e os prazos de entrega.

E não é só isso. Para importar da China e revender no Brasil, é preciso que o comprador tenha um CNPJ, caso você seja empresário ou um microempresário. Isso é importante, porque, para importar em grande porte, é preciso ter mais segurança e garantias. Se você ainda não tem o seu negócio legalizado, saiba como se registrar aqui.

Além disso, é importante também para o microempresário fazer cursos para entender melhor como funciona o seu negócio e o mercado. E, algumas instituições, como o Sebrae, são mais focadas na atividade empreendedora, sem contar a parte burocrática, que precisa ser bem compreendida.

Com o CNPJ em mãos, é preciso que o empresário ou microempresário tenha em também o RADAR, que é um documento necessário para fazer operações comerciais no exterior. Para conseguir esse documento, é preciso se dirigir à Receita Federal. O documento é obrigatório para comprar legalmente da China.

Quer importar da China, gastar menos ao importar da China e aumentar o seu lucro? Então conheça agora mesmo o curso “Como Importar na China” e aprenda todos os segredos para se tornar um empreendedor de sucesso.